SOBRE A MOSTRA

O Programa de Qualificação em Artes estabelece diálogos e trocas de experiências artísticas com grupos de teatro e dança do interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, fomentando o desenvolvimento técnico e os meios de produção de jovens artistas e seus coletivos. A constante procura pela inovação estratégica nesses campos artísticos levou a criação do Programa, que busca proporcionar vivências que ampliem e diversifiquem os repertórios conceituais e as práticas dos artistas pelo interior do Estado de São Paulo.

Um dos grandes diferenciais do programa é promover a prática artística a partir da perspectiva do contexto do grupo, valorizando e fomentando a formação de público e a vida cultural das comunidades artísticas.

A Mostra no ano de 2020, devido à pandemia, será on-line e isso possibilitará um raro encontro entre modos diferentes do ‘fazer arte’ e também de partilha artística com o público, o qual terá contato com a diversidade da dança, num arco que vai do balé às danças urbanas.

Nesta edição, o público poderá ver os trabalhos dos grupos: Cia de Dança Rit’s – Tatuí | Funk-E – Campinas |  Soniquete Arte Flamenca – Campinas | Cia Corporarte – São Bernardo do Campo | Corpo de Baile Arte em Movimento – Guarujá | Iluminação Fluida – Taubaté | Manxs – Rio Claro | Núcleo de Dança Giracorpo – Bauru | Ó1É Cia de Dança – Valinhos | Oficinas Permanentes de Danças Urbanas da Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos | Sintonia Corpo & Arte – São Sebastião | Skills Núcleo de Dança – São José do Rio Preto.

“… 2020 foi um ano em que a dança do planeta parou. Mas foi por pouco tempo. Depois do choque, veio a luta para seguir por meio de estratégias novas, tendo-se por base o corpo e a cena de dança, a partir do que buscaram-se espaços e tempos de partilha inusitados. Novos formatos de criação para novos desafios da sua difusão foram e estão sendo testados.  Os povos da dança de toda a parte lançaram-se à aventura de construir presenças a partir de ausências. Fomos desafiados a fazer nova história. Parte desta trajetória se concretiza (em novas presenças) nas 12 videodanças na mostra apresentadas. Nela encarnam-se novas “cenas-tela” em dança de um estado que tem toda dança”.*

*Cássia Navas, Curadora do Programa de Qualificação em Artes – Dança, Edição 2020.

 

Voltar
Ícone Social Facebook Ícone Social Instagram Ícone Social Youtube

Apoio

Logo de apoiador Logo de apoiador

Realização

Logo de gestor

 

Logo de gestor Logo de gestor

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR