SOBRE A MOSTRA

O Programa de Qualificação em Artes estabelece diálogos e trocas de experiências artísticas com grupos de teatro e dança do interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, fomentando o desenvolvimento técnico e os meios de produção de jovens artistas e seus coletivos. A constante procura pela inovação estratégica nesses campos artísticos levou a criação do Programa, que busca proporcionar vivências que ampliem e diversifiquem os repertórios conceituais e as práticas dos artistas pelo interior do Estado de São Paulo.

Um dos grandes diferenciais do programa é promover a prática artística a partir da perspectiva do contexto do grupo, valorizando e fomentando a formação de público e a vida cultural das comunidades artísticas.

A Mostra no ano de 2020, devido à pandemia, será on-line e isso possibilitará um raro encontro entre modos diferentes do ‘fazer arte’ e também de partilha artística com o público, o qual terá contato com a diversidade da dança, num arco que vai do balé às danças urbanas.

Nesta edição, o público poderá ver os trabalhos dos grupos: Cia de Dança Rit’s – Tatuí | Funk-E – Campinas |  Soniquete Arte Flamenca – Campinas | Cia Corporarte – São Bernardo do Campo | Corpo de Baile Arte em Movimento – Guarujá | Iluminação Fluida – Taubaté | Manxs – Rio Claro | Núcleo de Dança Giracorpo – Bauru | Ó1É Cia de Dança – Valinhos | Oficinas Permanentes de Danças Urbanas da Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos | Sintonia Corpo & Arte – São Sebastião | Skills Núcleo de Dança – São José do Rio Preto.

“… 2020 foi um ano em que a dança do planeta parou. Mas foi por pouco tempo. Depois do choque, veio a luta para seguir por meio de estratégias novas, tendo-se por base o corpo e a cena de dança, a partir do que buscaram-se espaços e tempos de partilha inusitados. Novos formatos de criação para novos desafios da sua difusão foram e estão sendo testados.  Os povos da dança de toda a parte lançaram-se à aventura de construir presenças a partir de ausências. Fomos desafiados a fazer nova história. Parte desta trajetória se concretiza (em novas presenças) nas 12 videodanças na mostra apresentadas. Nela encarnam-se novas “cenas-tela” em dança de um estado que tem toda dança”.*

*Cássia Navas, Curadora do Programa de Qualificação em Artes – Dança, Edição 2020.

 

Voltar
Ícone Social Facebook Ícone Social Instagram Ícone Social Youtube

Realização

Regua Logos Regua Logos

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR