SÃO SEBASTIÃO

19/11 – Sábado

Centro Cultural Batuíra

Av. Martins do Val, 90, São Francisco


19/11 – sábado

Centro Cultural Batuíra

Av. Martins do Val, 90, São Francisco

 

Programação:

 

18h | Espetáculo

SAMBADA DE REIS

Grupo Manjarra

 

Referenciado pela dança tradicional do Cavalo Marinho pernambucano, ao som de instrumentos como rabeca, cavaco, bombos de corda, bages e mineiro, o cortejo guiado por mulheres oferece um grande baile ao público, festejando a memória de personagens e fatos que compõem a nossa construção histórica mais profunda e pouco ouvida. Ponto de origem do cortejo: Praça do Pescador.

 

19h20 | Filme

SÃO PEDRO, PESCADOR

Direção: J. Valpereiro | BRA | 2022 | Doc | 14 min

 

O filme retrata os pescadores do bairro de São Francisco e a comunidade católica de São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo. Seus cotidianos, contados da perspectiva de um observador, levam a reflexões acerca da construção da fé nas comunidades.

 

Após a exibição, haverá bate-papo com J. Valpereiro (diretor), Fernanda Palumbo Cronenbold, Padre Alessandro Henrique Coelho. Mediação: Antonio Filogenio de Paula Junior.

 

20h30 | Apresentação

FOLIA DE REIS DO MORRO DO ABRIGO

 

Folia de Reis do Morro do Abrigo, grupo criado há mais de seis décadas e estabelecido no bairro do Morro do Abrigo de São Sebastião, apresenta a tradição que atrai centenas de pessoas em seu evento anual que celebra os Três Reis Magos.

 

20h45 | Apresentação

FOLIA DE REIS DO PONTAL DA CRUZ

 

Acompanhado de violão, cavaquinho, pandeiros, reco reco, meia lua e tambor, o grupo do bairro Pontal da Cruz, de São Sebastião, apresenta a manifestação tradicional que celebra a adoração dos Três Reis Magos – Belchior, Baltazar e Gaspar – ao nascimento do menino Jesus.

 

Participantes:

 

Antonio Filogenio de Paula Junior é membro do grupo de Batuque de Umbigada, tradição cultural de matriz Banto que ocorre na região do médio Tietê, no interior de São Paulo. Percussionista, professor e pesquisador. Graduado e pós-graduado em Filosofia, mestre e doutor em Educação. É diretor de Educação e Cultura na empresa Casa de Batuqueiro Produções.

 

Fernanda Palumbo Cronenbold, caiçara de São Sebastião, é arquiteta e urbanista, pedagoga e historiadora. Atua no acompanhamento e coordenação de obras de restauro de patrimônio histórico, elaboração de leis e levantamentos técnicos para inventários, como do Inventário de Patrimônio Arquitetônico Cultural de São Sebastião e das capelas caiçaras. Com experiência em coordenação pedagógica na Prefeitura de São Sebastião, trabalha no desenvolvimento de conteúdo da história do município para ensino fundamental.

 

Folia de Reis do Morro do Abrigo, criado há mais de seis décadas, foi levado de São José do Barreiro (SP) para São Sebastião pelo senhor Mario Cândido e por dona Rosa Gertrudes Albano. Estabelecido no Morro do Abrigo, o grupo atrai centenas de pessoas no evento anual que celebra os Reis Magos.

 

Folia de Reis do Pontal da Cruz foi fundado em 1995 por Ana Maria Paulino da Silva, que sentiu necessidade de repassar os conhecimentos herdados de seu pai.

 

Grupo Manjarra, fundado em 2004 como um núcleo da Cia. Mundu Rodá, está sediado na cidade de São Paulo há mais de 10 anos. Atuando de forma independente da Mundu Rodá, o grupo desenvolve estudos com danças tradicionais brasileiras, visando à criação de uma identidade artística própria, referenciado no Cavalo Marinho, Boi de Reis e na Festa do Divino Espírito Santo.

 

Valpereiro, natural de São Paulo e morador de São Sebastião há 32 anos, atua no mercado audiovisual desde 1991. Autodidata, já publicou um livro de fotografia sobre São Sebastião. É diretor e proprietário da Shortfilms. Responsável pelos projetos “Alma caiçara”, que resgata a cultura e os costumes dos povos que vivem à beira do mar, e “De frente para o Atlântico”, que conta histórias das comunidades isoladas da Ilhabela.

 

Padre Alessandro Henrique Coelho é pároco da Paróquia São Sebastião há três anos. Bacharel e licenciado em Filosofia, e bacharel em Teologia. Atuou nas comunidades tradicionais do Litoral Norte, resgatando a expressão viva da coletividade cultural e religiosa destas comunidades. Junto à Abaçaí Cultura e Arte, organizou durante seis anos o Encontro das Irmandades e Comunidades que celebram o Divino Espírito Santo.

 

 

Voltar
Ícone Social Facebook Ícone Social Instagram Ícone Social Youtube

Apoio

Logo de apoiador Logo de apoiador

Realização

Logo de gestor

 

Logo de gestor Logo de gestor
Governo do Estado de SP

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR