FRONTEIRAS EM CONTÁGIOS: O MÚLTIPLO E AS REPRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS EM TERRITÓRIOS DE INSERÇÃO

Coordenação: Lilian Amaral | Juliana Crispe | Participação: Baixo Ribeiro e Sérgio Adriano H.

A oficina-ação propõe a produção de obras de arte que utilizam-se da reprodutibilidade, concatenando plataformas de ações com o contexto urbano para a construção de trabalhos que dialoguem com questões de gênero, étnico-raciais, ocultamentos e empoderamento. Nesse processo, propõe-se a criação de obras que transitem entre essas Fronteiras poético-políticas, utilizando-se das linguagens da gravura, cartaz, lambe-lambe, adesivos, sendo tanto transferidas para o contexto urbano quanto integrar exposições em espaços de arte. Essa oficina-ação faz parte da 14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, que neste ano tem a participação de 11 países como sede e como tema central “Fronteiras em Aberto” e integra as proposições do Projeto Armazém, que desde 2011 pesquisa e propicia a produção de obras em formato de múltiplo. A produção artística resultante da oficina-ação; participar da mostra ARMAZÉM NA CHOQUE, na galeria Choque Cultural, a ser inaugurada dia 9 de novembro.

Inscrições: 16/9 a 30/10
Seleção: Carta de interesse | Análise de Portfólio

Quarta a Sexta-feira das 9h às 15h30 | Sábado das 10h às 16h30 (com 1h30 de almoço)

Pré-requisitos: artistas e coletivos que atuam no campo da gravura expandida, produção de múltiplos, livros de artistas.

Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo

Ícone Social Facebook Ícone Social Instagram Ícone Social Youtube

Apoio

Logo de apoiador Logo de apoiador Logo de apoiador Logo de apoiador

Realização

Logo de gestor

 

Logo de gestor Logo de gestor